domingo, 3 de fevereiro de 2019

Quem é a Harley Quinn?

Foi depois de ler uma banda desenhada chamada Mad Love and Other Stories que me apaixonei por aquela que é, talvez, uma das mais tontas personagens do mundo dos super-heróis (e dos respetivos vilões); refiro-me, claro está, à Harley Quinn, aquela que foi criada com o intuito de ser a parceira do grande inimigo do Batman, o Joker

Recentemente, foi revelado o teaser trailer de Birds Of Prey, o novo filme do universo cinematográfico da DC Comics, que será precisamente centrado em Harley Quinn. Então, pareceu-me ser uma altura mais que perfeita para contar aqui um pouco da sua história, ou pelo menos o que eu conheço dela.


Foi em Setembro de 1992 que Harley Quinn foi apresentada na série de animação Batman: The Animated Series. Criada por Paul Dini e Bruce Timm, esta começou por ser apenas a psiquiatra de Joker, a Dr. Harleen Frances Quinzel, quando este estava no Asilo de Arkham. No entanto, acaba por se apaixonar pelo vilão, que a manipula, acabando por tornar-se sua parceira e adotando o nome Harley Quinn, baseado na palavra “arlequim”, numa espécie de trocadilho. Esta é precisamente a origem que lhe é dada em Mad Love, mas a sua origem depende muito das diferentes adaptações que já lhe fizeram. Admito, porém, que às vezes gosto de colocar de lado as outras versões e ter como base sempre esta história que foi a primeira que li. 

Como é óbvio, o lado menos positivo desta origem é o facto de Harley Quinn ser constantemente maltratada pelo Joker, como aconteceu em alguns episódios da série e como foi visível em imensas bandas desenhadas ao longo dos anos. Ela é vista como uma mulher inteligente, com uma profissão estável, que coloca tudo de lado para ser uma ajudante manipulada e abusada. Então, a DC arranjou uma solução simples para este problema, afastando a personagem do seu universo primário. 


Com a chegada das New 52, novas versões das comics antigas e de origens, a DC tornou a vilã e criminosa Harley Quinn numa espécie de justiceira anti-herói. Ou seja, ao lermos esta nova versão, ficamos a achar que ela não é assim tão má… Chegamos mesmo, por exemplo, a ter momentos em que tenta ajudar uma idosa a rever os filhos que não a visitam no lar (o problema é que, afinal, a pobre velhota tinha alzheimer e os filhos visitavam-na com regularidade, ela é que não se lembrava, e quando Harley percebe isso já é pouco tarde…) e vemo-la também a ajudar animais abandonados, entre muitas outras boas ações. 

Se tivesse de escolher uma palavra para descrever a Harley Quinn, não precisava de pensar muito: divertida. É uma personagem tonta, mas sem papas na língua e isso percebe-se principalmente nestas últimas adaptações em que se afasta do Joker. 

Claro, nem sempre ela anda sozinha! E se há um trio icónico na DC Comics que me agrada particularmente são as Gotham City Sirens, em que esta se junta à famosa Catwoman e à Poison Ivy. Neste momento, a Warner Bros. tem planos para produzir um filme sobre estas três, mas ainda não se sabe quando começará a produção. É possível, também, que exista uma espécie de crossover entre as Gotham City Sirens e as Birds Of Prey.


Já que isto começa a relacionar-se ao cinema, parece-me importante referir também os filmes que foram feitos com esta personagem, sendo que, para além das animações, até agora a presença mais marcante de Harley Quinn no cinema foi numa interpretação de Margot Robbie no filme Suicide Squad em 2016. Na minha opinião, apesar do excelente trabalho de Margot, não achei que a personagem estivesse no seu melhor e, para mim, foi uma espécie de recuo depois das tentativas por parte da DC (a nível de comics) de a tornar um pouco mais “livre” do Joker (cuja presença no filme, a meu ver, foi completamente desnecessária). Neste momento, a Warner Bros. está a produzir, também, uma sequela para Suicide Squad, com data de estreia prevista para 2021. 

Por fim, resta-me apenas voltar ao início e explicar melhor a razão pela qual decidi fazer esta publicação. Birds Of Prey: And The Fantabulous Emancipation Of Harley Quinn é o filme que estreará no próximo ano (se tudo correr bem), que trará Harley Quinn de volta ao grande ecrã, como protagonista. Como já disse, na semana passada foi lançado o teaser trailer, com o intuito de fazer uma “apresentação” das personagens e dos atores que fazem parte do elenco. Tudo passa muito rápido, como vão poder ver já de seguida, mas quem conhece um pouco das comics consegue facilmente identificar a Canário Negro ou a Caçadora. O vilão do filme também já foi revelado e será o Máscara Negra, interpretado por Ewan McGregor

Não querendo maçar-vos mais, em baixo deixo o teaser trailer de Birds Of Prey: And The Fantabulous Emancipation Of Harley Quinn!

SOBRE A AUTORA

Estudante de Cultura e Comunicação, com uma grande admiração pela sétima arte. Vejo filmes desde criança e sempre tive um gosto especial pelas animações e grandes clássicos. A criação deste espaço foi a solução para ligar este meu interesse à escrita, da qual também tanto gosto!

4 comentários:

  1. Não sabia a origem dela, mas gosto muito da personagem! :) Beijinhos
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  2. Confesso que sou um pouco desligada deste mundo, mas adorei conhecer a origem e história de Harley Quinn. Tem traços muito interessantes :)

    ResponderEliminar
  3. Nunca vi! Mas acho que ia gostar deste!!

    ResponderEliminar
  4. obrigado, Joana :)

    acho super interessante trazeres este género de temática :D
    não fazia ideia!

    NEW OUTFIT POST | FASHION OBSESSION!
    InstagramFacebook Official PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me :D

    ResponderEliminar