quinta-feira, 2 de maio de 2019

Animação na Netflix com "Hilda"

A Netflix está a ser, cada vez mais, capaz de destacar-se na criação de novos conteúdos, seja filmes ou séries. Desta vez, decidi dar uma oportunidade a uma série de animação, que foi lançada no final do ano passado: Hilda, baseada na obra homónima de Luke Pearson. 

Posso dizer que o que me levou a querer conhecer esta série foi o facto de ter uma animação bastante colorida e um traço distinto e leve, que, de um certo modo, me fez lembrar Adventure Time, Gravity Falls, entre outras séries que eu considero que não são apenas infantis, mas que também são destinadas a um público mais adulto - o que me agrada.


Assim que começou o primeiro episódio, fui conquistada pela protagonista Hilda, que é uma aventureira nata, a quem nem sempre as coisas correm bem. Como ela mesma diz: “Well, that was pretty traumatic, but such is the life of an adventurer”. 

Hilda faz-se acompanhar sempre pelo seu companheiro Twig, um veado-raposa. Só por aí, na criação deste seu pequeno companheiro, é fácil perceber que a série tem muita fantasia e elementos originais e criativos, que, claro, também existem no livro. 

Para além de visualmente ser bastante apelativo, Hilda tem uma banda sonora muito interessante, a começar logo pelos créditos de abertura ao som de ritmos da Grimes


Depois - algo bastante positivo - há uma sensação de conforto ao longo da narrativa. E isso sente-se logo quando entramos pela casinha da Hilda no meio das montanhas, que é toda ela pensada ao pormenor, com livros, lareira, um sofá fofinho e neve a cair lá fora. Mesmo quando a casa fica para trás, essa sensação nunca se perde. 

Bastou-me ver alguns episódios para ter a confirmação de que esta série, tal como as outras que mencionei, também não é só destinada às crianças, tendo muitas vezes um humor mais adulto. As personagens estão cheias de carisma, o que é suficiente para querermos logo continuar a ver mais episódios. Depois, tudo o resto são bónus que apenas contribuem para ficarmos a gostar de Hilda ainda mais. 


P.s.: Caso sejam fãs d’A Guerra dos Tronos, acho curioso ficarem a saber que quem dá a voz à protagonista Hilda é a atriz que interpretou a fantástica Lyanna Mormont, Bella Ramsey. E, novamente, faz um belo trabalho!
SOBRE A AUTORA

Estudante de Cultura e Comunicação, com uma grande admiração pela sétima arte. Vejo filmes desde criança e sempre tive um gosto especial pelas animações. Vi na criação deste espaço o local ideal para ligar este meu interesse à escrita, da qual também tanto gosto.

8 comentários: