sexta-feira, 24 de maio de 2019

"Brightburn - O Filho do Mal" em análise

Realizado por David Yarovesky, com argumento de Brian e Mark Gunn e contando com James Gunn como produtor, Brightburn – O Filho do Mal parte de uma simples premissa: e se o Super-Homem fosse mau? Não tendo uma relação direta com o super-herói da DC Comics, este filme aposta num protagonista que tem uma origem idêntica: um bebé vindo do espaço que cai no meio de um bosque e que é adotado por um casal que, por acaso, desejava muito ter um filho. Ainda que a ideia de termos um Super-Homem malvado não seja totalmente original, consegue ser interessante o suficiente. 


Protagonizado por Elizabeth Banks e David Denman, que interpretam o casal adota a criança, o filme parece não dar uma grande oportunidade aos atores para brilharem, pois, o argumento é pouco elaborado. A personagem de Banks, que ainda é quem consegue ter uma melhor prestação, é apenas alguém que mesmo entendendo que o filho pode estar a fazer coisas más recusa-se a confrontá-lo. Já a personagem de Denman acredita que o filho pode ser mau e tenta mostrar isso, mas as suas atitudes são capazes de se tornar patéticas. 

Jackson A. Dunn interpreta o jovem Brandon Breyer (atenção ao pormenor curioso de o nome ser uma aliteração, como acontece em muitos nomes de super-heróis), mas o seu tom sempre sério ao longo do filme, para mostrar que é o vilão, faz com que a sua personagem se torne aborrecida, parecendo que os seus momentos são arrastados. A personagem é um rapaz muito mimado, sendo esse o principal motivo para fazer mal aos outros quando vê neles um potencial inimigo, tornando tudo numa vingança pessoal por lhe terem feito algo que não foi do seu agrado. 


Claramente, o guião não foi muito bonzinho para os atores, no entanto é de dizer que o filme não falha a entregar alguns momentos de suspense que são capazes de causar uns pequenos jump scares aos mais sensíveis. E depois temos também os momentos em que Brandon comete os seus crimes, que nos ajudam a lembrar que estamos a ver um filme de terror, com sequências bastante sangrentas e bem conseguidas. 

Os efeitos visuais funcionam, mas são dos mais simples que existem, tendo o filme perdido uma grande oportunidade de se tornar em algo visualmente interessante. As sequências de Brandon a voar, como o Super-Homem, são demasiado rápidas e escuras, sendo que muitas vezes este aparece apenas a pairar no ar. 

Brightburn – O Filme do Mal começou com uma premissa interessante, mas a sua execução parece ter sido preguiçosa, o que é uma pena, pois se tivesse sido mais elaborado podia ter levado a um resultado muito mais interessante. Ainda assim, vê-se bem, mas não é nada de extraordinário ou memorável.

6/10
SOBRE A AUTORA

Estudante de Cultura e Comunicação, com uma grande admiração pela sétima arte. Vejo filmes desde criança e sempre tive um gosto especial pelas animações e grandes clássicos. A criação deste espaço foi a solução para ligar este meu interesse à escrita, da qual também tanto gosto!

9 comentários:

  1. É um género de filmes que não me atrai particularmente. E sinto que continuarei sem o ver

    ResponderEliminar
  2. E são super em conta, os produtos :D
    Obrigado!

    Não faz muito o meu género, mas parece bem interessante!

    NEW TIPS POST | CLEAN YOUR MAKEUP TOOLS // EASY VERSION!!
    InstagramFacebook Official PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Podes deixar passar, a não ser que tenhas mesmo interesse...

      Eliminar
  3. Vi o trailer recentemente e fiquei curiosa confesso.
    Beijinhos
    http://virginiaferreira91.blogspot.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se ficaste curiosa, arrisca. Mas não tenhas grandes expectativas!

      Eliminar
  4. Acho que vou ver só pelo facto de gostar de ver filmes terríveis para me rir um pouco e questionar de que é que raio era suposto ser o filme xD
    beijinhoooooooooooooos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas olha que também já vi muitos bem piores! 😛

      Eliminar
    2. Há cada filme mais estranho que nem sei o que dizer xD

      Eliminar