segunda-feira, 27 de maio de 2019

Dez curiosidades sobre o Rei dos Monstros, Godzilla!

Godzilla: Rei dos Monstros está quase a chegar aos cinemas, por isso, antes de lançarmos algumas críticas referentes a uma das figuras monstruosas mais conhecidas do cinema, decidi fazer uma coletânea de factos dedicados ao mesmo, pois há alguns bastante interessantes!


1. O nome Gojira vem da combinação da palavra Gorilla e Kujira (baleia em japonês) - de acordo com um mito nunca comprovado, era a alcunha de um trabalhador da Toho da altura. Apesar de este não ter nenhuma parecença com os dois animais, e originalmente ter sido visualizado como um polvo mutante gigante, acabou por se tornar algo mais semelhante a um dinossauro, com um rugido muito peculiar (sendo este criado, simplesmente, com luvas de couro a passar numa corda de baixo de um violoncelo) com algumas alegorias estéticas às bombas nucleares e de hidrogénio, como na pele, visto que, ao início, foi visto como uma metáfora à destruição causada pelas bombas de Hiroshima, Nagasaki, entre outras. Este também foi utilizado de maneira a refletir o clima social e político do Japão na altura.

Apesar de ter tido críticas desde medíocres a más no seu lançamento, Godzilla acabou por se tornar num ícone na cultura japonesa e do cinema, acabando por receber prémios como o MTV Lifetime Acchievement Award em 1996, onde o prémio foi entregue por Patrick Stewart, e teve direito à sua própria estrela na Hollywood Walk of Fame em 2004.


2. Já muito antes da Marvel ter popularizado a ideia de universos cinematográficos, no Japão, em 1955, a Toho já tinha começado a aplicar essa ideia com muitas das criaturas que tinha na sua posse, tendo começado com Godzilla Raids Again. Mas, foi apenas sete anos depois que a distribuidora começou a trabalhar no duro, e já fez, até hoje, trinta e dois filmes com a personagem, havendo outros quatro (ou oito se quiserem contar com os recontos americanizados e italianos dos filmes originais) produzidos nos EUA, incluindo o mais recente King of the Monsters e o antecipado Godzilla vs Kong que sairá em 2020!


3. Visto que existem mais de trinta filmes, a franquia foi dividida mais tarde em três séries diferentes, todas referentes ao Imperador da época em que foram feitas:

A primeira chama-se Shõwa Period, tendo-se iniciado em 1954 com o filme original até 1975, com o filme Terror of Mechagodzilla, fazendo um total de quinze filmes apenas neste período. Durante este período, o Godzilla passou de monstro aterrorizador para material cómico e mais direcionado a crianças (a criação da personagem do filho de Godzilla, Minilla, é uma pequena, e óbvia, prova disso). Foi também nesta altura que a Toho começou a fazer tie-ins com várias das suas personagens, criando também o arqui-inimigo de Godzilla: Ghidorah.


A segunda vaga chama-se Heisei Period, e serve como uma espécie de reboot para a série. Esta começa com The Return of Godzilla, de 1984, que serve como sequela direta ao filme original de 1954, tornando todos os outros catorze filmes da série Shõwa irrelevantes para este período. Este período só se passou a chamar Heisei cinco anos depois de Return of Godzilla, pois só aí é que o Japão mudou de Imperador, no mesmo ano em que saiu Godzilla vs Biollante. Neste período, a Toho decide voltar às suas origens e decidiu voltar a tornar Godzilla numa força da natureza invés de a direcionar a crianças como no período anterior, focando-se ainda mais nas suas origens. Tendo um total de sete filmes, a vaga terminou em 1995 com o filme Godzilla vs Destoroyah.


A terceira e “última” vaga ainda se passou durante o período de Heisei, mas chamou-se de Millenium Period, por acharem que este novo reboot (forçado, após o desastre que foi o Godzilla de 1998) seria completamente diferente do período anterior. Este serve, outra vez, como um reboot da série toda, onde todos os filmes servem como sequela direta ao filme original de 1954, ignorando sempre o anterior (à exceção de Tokyo S.O.S., que serve de sequela direta a Godzilla Against Mechagodzilla). Terminando com Godzilla: Final Wars, a Millenium Pediod acabou com apenas seis filmes, fazendo com que não haja nenhum filme de Godzilla durante uma década.


Atualmente, após o sucesso de Godzilla de 2014, a Toho decidiu revitalizar, mais uma vez, a personagem, num período chamado Reiwa, e esta, que começou em 2016 com Shin Godzilla, já constitui quatro filmes, sendo estes três últimos uma trilogia anime.


4. Godzilla de 1998 foi um fracasso tão grande que deixou a personagem, e o estúdio da Toho, na vergonha. Por isso, em 2004, com o filme Godzilla: Final Wars, este decide vingar-se, e numa luta entre Godzilla e Zilla (o nome dado ao Godzilla americano na altura) este último não dura mais de vinte segundos a lutar contra a besta original, o que torna essa luta a mais curta entre monstros na franquia toda.


5. A altura do Godzilla quase varia de filme para filme. Como prova disso, e como uma imagem vale mais que mil palavras (ou, mil números, neste caso), deixo uma imagem que mostra as várias alturas de Godzilla, desde a sua primeira aparição até 2017:


Prossupõe-se ainda que o novo Godzilla de King of the Monsters será maior que o do filme de 2014, passando de 108 metros para 119,8 metros.

6. Há uma cidade em Washington chamada Zillah. Nessa cidade há uma igreja chamada The Church of God-Zillah. Não, não foi criada uma igreja para venerar um deus lagarto, isso pode ficar para as teorias Illuminati e afins. Esta tinha sido construída muitos anos antes da criatura radioativa ter sido imaginada! Mas, para apanharem a piada, nas traseiras da igreja tem uma estátua de ferro do Monstro, a segurar uma cruz e um sinal, que diz “Jesus Saves”.


7. Sim, a Marvel pode ter popularizado mais do que nunca a ideia de tie-ins cinematográficos. Mas sabem quem teve essa ideia primeiro? A DC! Nos anos 60/70 quase foi produzido um filme que se iria chamar Batman vs Godzilla, com Adam West! Infelizmente, foi apenas quase produzido, pois o projeto nunca teve pernas para andar. Apesar de não ter aparecido em filmes de super-heróis, Godzilla mesmo assim apareceu em vários comics da Marvel, seja para lutar contra os Vingadores ou contra o Quarteto Fantástico.


8. Durante a Guerra Fria, The Return of Godzilla teve a audácia de ter os dois lados da guerra unidos a tentar destruir Godzilla, tentando ajudar o Japão. No entanto, quando o filme foi lançado nos EUA, com o título Godzilla 1985, eles reeditaram o filme de maneira a parecer com que uma cena que envolve os soviéticos a lançar acidentalmente uma bomba nuclear contra Godzilla, parecer propositada, e contra os próprios americanos, de maneira a mostrar o quão maus eles são! No entanto, no filme Godzilla vs King Ghidorah, que saiu poucos anos depois, vemos Godzilla a invadir e matar vários americanos, que estavam numa base, enquanto lutavam contra os japoneses, em 1944, ou seja, durante a Segunda Guerra Mundial. Será que foi um ato de vingança por parte dos japoneses? 


9. O realizador Shin Sang-ok e a sua mulher, atriz Choi Eun-hee, tinham sido raptados em 1978 por Kim Jong-il, de maneira a que o realizador fosse obrigado a fazer filmes que servissem como propaganda para a Coreia do Norte, ou apenas filmes fantásticos que fossem de agrado a Kim. Um desses filmes acabou por ser Pulgasari, o último que o realizador fez antes de conseguir fugir com a mulher para os EUA. Pulgasari é um filme fortemente baseado em Godzilla, tendo até tido ajuda involuntária de staff da Toho nos efeitos especiais, que também tinham sido enganados pelos coreanos.


10. Para aliviar a tensão depois de um tópico bastante mau, vêm agora uns factos um pouco mais cómicos!

• Durante os anos 80 e 90, Godzilla fez parte de muitos comerciais de televisão nos EUA. Mais notavelmente, este apareceu numa publicidade de Dr. Pepper em 1985, onde o vemos a destruir uma cidade até descobrir uma lata gigante da famosa bebida, arrotando no fim; e numa publicidade da Nike em 1992, onde este joga basquetebol com Charles Barkley. Ele pode ter perdido o jogo com o, na altura famoso, jogador de basket, mas o anúncio foi tão polémico que teve direito a uma comic adaptation pouco tempo depois, do mesmo género que Super Homem teve uma luta contra Muhammad Ali!


E, para terminar, um pequeno extra! Em 1992 um dos famosos fatos do Godzilla, que valia apenas uns meros $39.000, tinha sido roubado da garagem da Toho, apenas para ser pouco tempo depois encontrado na costa do Lago Okutama, perto de Tóquio, pois foi ocasionalmente encontrado por uma velha senhora que apenas estava a dar um passeio, que acabou aterrorizada ao cruzar-se com o fato, chamando as autoridades!

Godzilla II: Rei dos Monstros chega aos cinemas esta quinta-feira! Em breve, traremos a nossa crítica ao filme! 😉
SOBRE O AUTOR

Apreciador, e colecionador, de jogos e, principalmente, filmes desde a minha infância, possivelmente tendo começado o louvor de cinéfilo depois de repetir quinhentas vezes a VHS alugada no Videorama do filme Spider-Man de Sam Raimi.

15 comentários:

  1. Oi Diogo, tudo bem?
    Adorei a lista, eu não fazia ideia de nada disso.
    Mas confesso pra você que não consigo levar o Godzilla a sério, então não sei se assistirei ao filme novo.
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tudo bem, obrigado!

      Os novos filmes de Godzilla são diferentes dos antigos, visto que tinham um estilo mais campy, ou não tão sério. Os novos Godzilla, visto que usam mais efeitos especiais que um homem no fato, são mais fáceis de levar a sério e gostar! Por isso, aconselho a veres o de 2014. Se gostares, vê o novo, que promete ser ainda melhor!

      Cumprimentos,
      Diogo

      Eliminar
  2. Interessante.
    Desconhecia esses factos sobre os filmes.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tentei ir às profundezas da internet de propósito para escrever sobre factos pouco conhecidos!

      Eliminar
  3. Eu não sabia que vai te rum filme do Godzilla!!
    Como eu não sabia nadinha da história achei seu post bem interessante. Gostei :)

    https://www.heyimwiththeband.com.br/

    ResponderEliminar
  4. Só vi os filmes mais recentes, porque os antigos parecem-me tontos. Estou com muito interesse agora no filme novo. A ver se vou ver no fim de semana! Abraço, Diogo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pelo que as críticas andam a dizer, o filme tem Godzilla a mais, e andam a criticar isso.
      Eu só digo: "que se lixem! queixaram-se que havia pouco Godzilla em 2014, e agora que tem a mais queixam-se! ridiculo!"
      Mal posso esperar para o ver, de longe um dos meus mais antecipados do ano!

      Abraço, Jaime, e obrigado por mais um comentário!

      Eliminar
  5. Incrível, não sabia nada disto! E é impressionante as diferenças de tamanho de uns filmes para os outros. :)
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Daqui a nada temos um Godzilla que tem altura até à Lua! 😅

      Eliminar
  6. adorei o post e o teu blog :D

    https://rrriotdontdiet.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  7. Olá Diogo!
    Não fazia a mínima ideia que vai haver um filme do Godzilla.
    Eu no final do ano quero uma lista de todos os filmes que foram ver ao cinema xD já não vou há mais de um ano
    Beijinhos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este ano já vou com 229 filmes vistos, o que inclui filmes vistos no cinema e em casa! Vamos ver quantos são no final do ano! 😅

      Beijinhos!

      Eliminar
    2. 229? Meu Deus e eu que o meu máximo foi 100 e tal no ano passado :o
      Bow to the king xD

      Eliminar