domingo, 30 de junho de 2019

"Lilo & Stitch" (2002) a rebobinar

Hoje recuamos para 2002, o ano em que foi lançado Lilo & Stitch. Pode não ser um dos filmes mais conhecidos da Disney – é verdade, acreditem que muitas pessoas não viram este filme e apenas conhecem as personagens protagonistas -, mas, tal como tantos outros sobre os quais já aqui falei, fez parte da minha infância e penso que é um filme um bocado diferente dos outros da companhia. 


Logo no início ficamos a conhecer a Experiência 626 do cientista Jumba Jookiba, que, de um certo modo, correu mal e não foi de acordo com aquilo que tinha sido planeado. Ora, esta experiência não é nada mais nada menos do que o próprio Stitch, mas antes de este ter escapado do seu planeta e ter aterrado na Terra para ser levado para um canil e ser adotado pelas irmãs Lilo e Nani Pelekai. Stitch é um alien que, claro, não está habituado aos seres humanos, ao contrário de Pleakly, um alien verde só com um olho que é enviado para a Terra com Jumba e que estuda os seres humanos, que são fundamentais para a existência de mosquitos! 

Lilo é uma criança que vive com a irmã depois da morte dos pais. É uma menina diferente das outras que sofre bullying por parte das colegas, que a consideram estranha. Por sua vez, Nani é a irmã que teve de se tornar numa mãe, mas que se vê em risco de perder Lilo, pois está constantemente a ser visitada por Cobra Bubbles, um agente social. O seu esforço para conseguir um emprego e não perder a irmã é visível ao longo de todo o filme. É então no meio desta família diferente que Stitch encontra um lar, mas é difícil para ele adaptar-se a esta nova realidade, especialmente quando tem vários aliens atrás dele com o intuito de o levar de volta para o seu planeta. 


Este filme enaltece valores importantes de um modo como nenhum outro filme da Disney foi capaz de fazer. Temos personagens que são consideradas diferentes, invés de personagens desenhadas de um modo perfeito e belas. É como se o filme, que é de animação, fosse capaz de transmitir a realidade de muitas pessoas. Por exemplo, Lilo é uma criança que nem sempre está feliz pois é maltratada pelas colegas e perdeu os pais. Inclusive temos um momento dela, que até é irónico, a dizer “deixa-me morrer sozinha”, pelo facto de as coisas na vida não lhe estarem a correr bem. Depois temos Stitch, que é como ela e ainda assim também é diferente. Entendem o que quero dizer? 

Outro aspeto que adoro neste filme é a banda sonora, uma incrível homenagem ao Rei do Rock, Elvis Presley, capaz de transmitir uma grande boa onda. O Rei está sempre presente no filme, seja sonoramente ou também visualmente, através de pequenos sinais. E curiosamente esta homenagem não termina no filme, pois também na série, que foi lançada uns anos depois no Disney Channel, Lilo e Stitch continuaram a ser fãs fiéis. 


Tendo em conta os cenários refrescantes do filme, acho que Lilo & Stitch é uma ótima sugestão para quando, agora durante o Verão, vos apetecer ver um filme leve e também ter um momento nostálgico! Ohana quer dizer família! 
SOBRE A AUTORA

Estudante de Cultura e Comunicação, com uma grande admiração pela sétima arte. Vejo filmes desde criança e sempre tive um gosto especial pelas animações e grandes clássicos. A criação deste espaço foi a solução para ligar este meu interesse à escrita, da qual também tanto gosto!

14 comentários:

  1. Fez parte da minha infância e confesso que consigo ainda ver com bastante satisfação. Adoro a essência e o tom destes desenhos animados.

    Beijinhos :) !!

    ResponderEliminar
  2. Foi o primeiro filme que vi no cinema. E marcou-me para sempre! A mensagem presente em toda a história é fabulosa e acho que é difícil terminarmos Lilo & Stitch sem termos aprendido algo. Passe o tempo que passar, continuará a ser um dos meus favoritos *-*
    Curiosamente, uma das tatuagens que pretendo fazer tem a palavra Ohana, até porque a família é uma grande parte daquilo que sou

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tenho a certeza de que ficaria uma tatuagem muito bonita, Andreia! 😊

      Eliminar
  3. Eu amo esse filme, e amo tanto por mostrar essa relação de irmãs e o poder da família. Amei o post
    Beijos
    http://www.dearlytay.com.br/

    ResponderEliminar
  4. Como eu gosto disto eheh, que saudades!!!

    ResponderEliminar
  5. Via os desenhos animados com a minha filha mais nova, adoro a Lilo.
    Tenho que ir ver com ela.
    Boa semana

    ResponderEliminar
  6. Nossa faz anooos que não vejo Lilo & Stitch...
    Lendo esse seu post deu uma vontade de assistir hehe :)
    Adoro filmes de desenho!

    https://www.heyimwiththeband.com.br/

    ResponderEliminar
  7. Porque, esse filme não o vi,
    para, agora, o poder comentar
    mas, não me impede de vir aqui
    Joana Grilo, boa noite lhe desejar!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Uma boa noite para si também, caro Eduardo. E um bom resto de semana! 😊

      Eliminar