domingo, 9 de junho de 2019

Uma "excellent" viagem com Bill e Ted!

Quando pensam em viagens no tempo, qual é o primeiro filme que vos vem à cabeça? Regresso ao Futuro? Esse era talvez o primeiro que me vinha à memória, pelo menos até ter visto pela primeira vez A Fantástica Aventura de Bill e Ted. Ora, tenho de admitir que a primeira coisa que achei curioso foi o facto de este ser protagonizado por um muito jovem Keanu Reeves, tendo sido um dos primeiros papéis do ator. Depois, mais curiosa ainda é a própria história do filme, original e extremamente divertida!


Se esta é a primeira vez que estão a ler sobre Bill e Ted, talvez se estejam a questionar acerca do motivo pelo qual estou a escrever sobre isto. Estão prontos? Hoje é, oficialmente, o Dia de Bill e Ted! Então, pareceu-me ser o momento ideal para deixar aqui algumas palavras, não apenas sobre um filme mas sobre dois!

A Fantástica Aventura de Bill e Ted é um filme de 1989, realizado por Stephen Herek e protagonizado por Reeves, como referi, que interpreta Ted, e também por Alex Winter, que veste a pele de Bill. Estes dois rapazes são estudantes e também músicos, ou, pelo menos, sonham sê-lo. No entanto, são também aquilo a que podemos chamar dois burrinhos tontos, estando em risco de reprovar na escola. É, então, perante este cenário que o pai de Ted o ameaça de o enviar para um colégio privado, caso este não consiga passar, separando-o assim do seu amigo e impedindo que continuem a banda que tinham formado. Até aqui, tudo muito normal, mas lembrem-se: este é um filme sobre viagens no tempo! A determinado momento, Rufus, um homem muito misterioso, aparece na vida de Bill e Ted apenas com um objetivo: ajudá-los a não reprovar. É, então, que estes ganham acesso a uma máquina (uma cabine telefónica) que os pode levar para qualquer momento da História. E, assim, os dois amigos viajam para os maiores acontecimentos, de modo a conhecer grandes personalidades como Sócrates, Napoleão, Joana D’Arc, Sigmund Freud, Billy the Kid e Abraham Lincoln. E, com a ajuda de todos estes, fazem a mais icónica apresentação de sempre!


Misturando um argumento cheio de piadas secas (que têm, realmente, piada) a dois adolescentes completamente malucos e com factos e personalidades reais que são do conhecimento de todos, A Fantástica Aventura de Bill e Ted torna-se num filme contagiante e uma verdadeira surpresa quando o vemos pela primeira vez, pois dificilmente sabemos o que esperar. A melhor parte, caso se estejam a questionar acerca do porquê de Rufus querer ajudar estes dois palerminhas, é que Bill e Ted se tornam numa espécie de salvação do mundo, pois a música por eles criada (que aqui ainda soa apenas mal) será aquilo que leva a uma harmonia universal, acabando com, atenção, a guerra e a fome! 

Sendo A Fantástica Aventura de Bill e Ted uma comédia deliciosa, claro que tivemos direito a uma sequela, em 1991: Bill e Ted no Outro Mundo. Aqui tenho de admitir que, ao contrário das críticas na altura, não me senti tão entusiasmada com o argumento. Tal como o nome indica, os dois viajam para um outro mundo, com acontecimentos ainda mais bizarros que os do filme anterior. Se antes estes dois andavam quase livremente a viajar no tempo, agora enfrentam um problema: um ceifeiro da morte (visualmente idêntico à imagem da Morte, pálido e com uma foice) decide acabar com a tal paz mundial que tinha sido conseguida com a música de Bill e Ted e envia dois robôs idênticos a eles para os matar. Claro que no final tudo corre bem e os dois dedicam-se ainda mais ao rock n’roll, com as suas royal babes (vindas ainda do primeiro filme, da Idade Média) a formarem banda com eles, os Wyld Stallyns!


O estilo típico dos anos oitenta continua a ser visível neste filme, ainda que já tenha sido lançado nos anos noventa, seja nos cenários ou até mesmo no guarda-roupa. Apenas só não temos Bill a usar crop-tops como no primeiro filme, o que é uma pena – sim, malta mais nova, os homens também usavam isto! E, tal como o primeiro, este também funciona bem por ser tonto, tem uma comédia seca que, no entanto, resulta na perfeição, seja pelas situações ou pelos dois protagonistas carismáticos!

Agora, para não acharem que isto já passou de moda, noto apenas que estão ser, neste momento, iniciadas as produções do terceiro filme, que tem data de estreia marcada para o próximo ano e que traz o regresso de Alex Winter e Keanu Reeves a estas suas personagens. Ainda que pouco se saiba acerca do plot, já está confirmado que estes dois terão duas filhas, a Billie e a Thea! Se ainda não conheciam o Bill e o Ted, espero ter despertado o vosso interesse! E, se quiserem ver os filmes, as boas notícias é que não precisam de viajar para os anos oitenta para o fazer! Feliz dia de Bill e Ted!
SOBRE A AUTORA

Estudante de Cultura e Comunicação, com uma grande admiração pela sétima arte. Vejo filmes desde criança e sempre tive um gosto especial pelas animações. Vi na criação deste espaço o local ideal para ligar este meu interesse à escrita, da qual também tanto gosto.

18 comentários:

  1. Sem dúvida que despertaste o meu interesse
    Estou curiosa e vou sem dúvida procurar e ver
    Obrigada pela partilha
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Mais um filme que desconhecia. Mas fico sempre encantada com as tuas análises, talvez lhe dê uma hipótese :)

    ResponderEliminar
  3. Uma boa oportunidade para rever o jovem Reeves.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  4. Aaaaa nunca ouvi falar desse filme, mas já quero por causa do Reeves
    Beijos
    http://www.dearlytay.com.br/

    ResponderEliminar
  5. Não vi o filme e fiquei curiosa, embora essas máquinas do tempo me deixem assustada…
    Uma boa semana.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vale a pena ver! Desta vez, as viagens no tempo até não correm muito mal!

      Eliminar
  6. Oi Joana, tudo bem?
    Nunca tinha ouvido falar no filme, mas achei a premissa divertida.
    Dois jovens conhecendo figuras históricas? Ainda mais sendo meio malucos? Parece engraçado!
    E o Keanu Reeves é ótimo, adoro ele!
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A premissa é mesmo muito engraçada. Vale muito a pena! 😊

      Eliminar
  7. Nunca vi, mas talvez esteja na hora :p

    R: Respondendo à questão que me deixaste, os meus filmes favoritos... Dois que nunca me canso de ver e que estão mesmo num cantinho do meu coração é "A Vida é Bela" e "Into The Wild" pelas lições que nos transmitem e por toda a história.
    Depois, mais recentemente, deixei-me contagiar pelo universo Marvel e ando ansiosa por ver os últimos dois, mas o tempo não tem sido meu amigo :p

    ResponderEliminar
  8. É mais do que isso, definitivamente :D vale super a pena visitar :D
    muito obrigado :D

    não conhecia, por acaso!!

    NEW REVIEW POST | MILK SHAKE NO FRIZZ SPRAY
    InstagramFacebook Official PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me :D

    ResponderEliminar
  9. Caramba eu nunca assisti A Fantástica Aventura de Bill e Ted como assim??
    Parecer ser bem legal!!

    https://www.heyimwiththeband.com.br/

    ResponderEliminar