quinta-feira, 29 de agosto de 2019

MOTELX: os destaques da programação

O medo está de regresso a Lisboa com mais uma edição do MOTELX, o aclamado festival de cinema de Terror que ano após ano consegue tornar-se ainda mais grandioso. Ontem foi revelado o programa completo do evento e hoje deixamos aqui os maiores destaques. 


Como já manda a tradição, o MOTELX começa sempre com uma Warm-Up, para aquecer os ânimos. São vários eventos de entrada livre que vão decorrer entre os dias 5 e 7 de Setembro. No dia 5 de Setembro, o Museu Nacional de Arte Antiga abre pela primeira vez as suas portas à meia-noite para receber o MOTELX e orientar uma visita inédita sobre o inferno na Arte, que infelizmente já se encontra esgotada. Na sexta-feira, dia 6 de Setembro, Filipe Raposo pega em treze temas de terror para convocar ladainhas ancestrais do nosso imaginário cinematográfico num cine-concerto no Convento São Pedro de Alcântara. Os eventos do Warm-Up terminam com uma sessão ao ar livre no Largo da Trindade, no sábado dia 7, com o filme Ed Wood de Tim Burton a dar o mote para a celebração dos sessenta anos de Plan 9 from Outer Space

A 13º edição do MOTELX começará oficialmente no dia 10 de Setembro e Ma, de Tate Taylor, será o filme de abertura. O filme, protagonizado por Octavia Spencer, apresenta uma mulher solitária que empresta a sua cave a um grupo de adolescentes, que devem seguir as suas regras suspeitas: um deles tem de ficar sóbrio, não podem dizer asneiras, nunca podem subir as escadas e devem sempre tratá-la por “Ma”. Hmm, estranho, não? Dias mais tarde, o filme que vai encerrar o festival será Come To Daddy de Ant Timpson. 


A habitual secção Serviço de Quarto mostrará vinte e seis longas internacionais. Entre as novidades está o brasileiro Bacurau, filme que em Maio venceu o Prémio do Júri em Cannes. Este ano, o cinema asiático volta a destacar-se com filmes como The Gangster, the Cop, the Devil, o japonês It Comes ou o indiano Tumbbad. Dos EUA chegam, entre outros, o western feminista The Wind e Nightmare Cinema. Diretamente da Noruega, chega também The Quake, a sequela do êxito The Wave.

A secção Doc Terror promete trazer documentários sobre dois lendários realizadores de filmes de terror série B, Jairo Pinilla e Al Adamson. Para além disso, vai ser exibido também Horror Noire: A History of Black Horror, um documentário com uma análise profunda do papel dos afro-americanos no cinema de terror norte- americano. 


Nas sessões especiais, temos a celebração dos quarenta anos de Alien e da primeira Sexta-Feira 13 em 13 anos de MOTELX com, claro, Friday the 13th. Temos ainda assinalado os sessenta anos de Plan 9 from Outer Space (1959, Ed Wood), considerado um dos piores filmes de sempre, com projeção comentada ao vivo por Susana Romana e Tiago R. Santos (no dia 14 de Setembro às 21h). 

O maior destaque da edição deste ano é a presença do realizador Ari Aster e a exibição do seu filme Hereditário e a estreia do novo Midsommar, um filme que tem feito furor lá fora e que em muitos países recebeu a classificação “para maiores de 18” devido às cenas de violência. Para além de estar presente durante estas duas sessões, Ari vai também dar uma masterclass acompanhado pelo escritor Howard David Ingham sobre “Folk Horror and New Folk Horror”. A masterclass será seguida de uma sessão de autógrafos. 


Os bilhetes para o MOTELX estão à venda a partir das 11h00 de amanhã na Ticketline e nos pontos de venda habituais. A partir do dia 3 de Setembro estarão à venda no Cinema São Jorge. A restante programação pode ser consultada no site do evento, ou clicando aqui.
SOBRE A AUTORA

Estudante de Cultura e Comunicação, com uma grande admiração pela sétima arte. Vejo filmes desde criança e sempre tive um gosto especial pelas animações e grandes clássicos. A criação deste espaço foi a solução para ligar este meu interesse à escrita, da qual também tanto gosto!

8 comentários:

  1. Gostei do seu post, seu site é muito bom mesmo, estou toda semana visitando e lendo seus artigos.

    Parabéns!

    Meu Blog: Sorteio Kariri da Sorte

    ResponderEliminar
  2. Respostas
    1. Hehe! Infelizmente esse filme não vai passar no festival!

      Eliminar
  3. Para quem for fã deste género de filmes, é uma oportunidade imperdível :)

    ResponderEliminar
  4. Não conhecia o festival.
    Sempre a aprender.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É um festival muito interessante para os fãs do género!

      Eliminar