quinta-feira, 19 de março de 2020

Jogámos a demo de "Resident Evil 3"!

Depois de muitos rumores e antecipação, estamos a duas semanas do lançamento oficial do já muito aguardado remake de Resident Evil 3. Eu próprio já o antecipava por gostar imenso da personagem de Nemesis e da presença que este tem na franquia (mesmo que tenha sido apenas neste jogo, é difícil negar o como a sua figura ficou encravada nas nossas cabeças ao olharmos para a clássica capa do jogo da PS1).


Após jogar este demo, sinto que está num muito bom caminho. Utilizam a mesma engine de Resident Evil 2, mas sente-se algo mais requintado nos gráficos. Ver a Jill com este seu novo design vai deixar os fãs da personagem a deitar baba pelos cantos. Algo que também melhoraram foi a reação dos zombies à arma apontada às suas cabeças, algo que já tinham implementado no anterior. Estes deambulam cada vez mais de um lado para o outro, tornando-se ainda mais difíceis de acertar no seu ponto fraco, a não ser que se prefira ir pelas pernas e, por fim, à cabeça. Independentemente da maneira como se decide enfrentar os zombies, será ainda mais difícil poupar balas neste jogo.

Sente-se também um novo ar da cidade de Raccoon City neste “novo” capítulo da série. Nota-se no ambiente o quão caótico está o clima na cidade, estando tudo a arder e destruído. O que ajuda também é algo que favorece imenso este género de jogos: o som. Se tiverem algo que possa espalhar o som pela vossa sala, aconselho que o usem neste jogo, de maneira a tornar a experiência mais imersiva - a não ser que, claro, prefiram usar um par de headsets, mas penso que não vai dar a mesma sensação de espaço por se ter o som literalmente contra o ouvido. Consegue-se até sentir o som de cada tiro que disparamos de uma simples pistola, e é essa imersão que me agrada imenso.


Gostava de poder falar no Nemesis, mas ele tão rápido aparece como desaparece. E foi algo que me desanimou no demo, foi o quão curto este foi. Posso ter demorado 25 minutos a passá-lo, mas foi algo que me pareceu ter passado num ápice, mesmo tendo visitado a maior parte dos locais disponíveis no demo, de maneira a ter noção do que podia ou não ter em questão de espaço e itens. Claro que me deixou a desejar por mais, o que é suposto em qualquer demonstração, e quase de certeza que o jogo também será meio curto. Presumo que é fácil até fazer um speed run disto em cinco minutos, e espero que no jogo completo não seja assim tão fácil fazer o mesmo.

Agora é esperar e ver se este novo remake vive às expectativas dos fãs da série!
QUEM ESCREVEU ESTE ARTIGO?

Apreciador e colecionador de jogos e, principalmente, filmes desde a minha infância, possivelmente tendo começado o louvor de cinéfilo depois de repetir quinhentas vezes a VHS alugada no Videorama do filme Spider-Man (2002) de Sam Raimi.

2 comentários:

  1. Também estive a jogar este demo ontem à tarde. Soube a pouco...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como vi que as críticas todas diziam que o jogo era curto, não quis gastar 70€ no jogo... Vou esperar que este esteja a um preço mais modesto. Entretanto, aguardo o Final Fantasy VII Remake!

      Eliminar