domingo, 13 de dezembro de 2020

"The Mandalorian" - T.2 EP.7 ("Chapter 15: The Believer") em análise

Depois do final trágico do episódio anterior, o novo capítulo de The Mandalorian, do Disney+, decorre na ausência do seu pequeno protagonista Grogu, que está na posse do Império. Então, desta vez é Mando que se torna o grande centro das atenções, numa aventura para encontrar a Criança. No entanto, não se pense que só porque Grogu está ausente desta vez não temos um episódio com a mesma qualidade, até porque, verdade seja dita e ao contrário do que muitos pensam, esta série tem muito mais para oferecer para além do “Baby Yoda”. E se essa é uma personagem que geralmente leva a alguns momentos cómicos, também não se pode dizer que este episódio não foi divertido, já que houve quem lhe entregasse um tom cómico, até em momentos de grande tensão.


Em “Chapter 15: The Believer”, realizado por Rick Famuyiwa, e seguindo a pesquisa de Cara Dune no episódio anterior, Mandalorian procura a ajuda do seu antigo inimigo Mayfeld (Bill Burr), de modo a conseguir infiltrar-se no Império e descobrir a localização de Grogu. Juntamente com Cara, Fennec e Boba Fett, não será uma tarefa muito complicado, visto que os planos estão todos traçados. No entanto, para tal Mando terá de tirar o seu fato e o capacete, o que, claro, noutras circunstâncias seria impensável, mas este está disposto a tudo para salvar Grogu das mãos de Moff Gideon. 

Bill Burr, no papel de Mayfeld, consegue trazer um certo divertimento e a redenção da personagem, depois dos acontecimentos do “Chapter 6: The Prisoner”. Aqui serve de apoio a Mando, muitas vezes sendo quem o salva, já que tem conhecimento das formalidades do Império. Neste sentido, sente-se que há um certo desenvolvimento da personagem, o que primeiramente até poderia parecer filler, mas contribui para que este penúltimo episódio da segunda temporada não seja apenas uma busca louca por vingança, prestando atenção às suas personagens e conseguindo até trazer a redenção de algumas, como é o caso de Mayfeld. 


Depois de no episódio anterior ter havido a separação entre Grogu e Din, pensou-se que neste iríamos ter apenas um Mandalorian sedento de vingança e a reagir mais instintivamente do que com planos. Felizmente percebe-se que Din, apesar de estar preocupado com a Criança, sabe o que está a fazer e não age de cabeça quente. Então temos aqui um capítulo mais estratégico, de modo a garantir alguma calma antes da tempestade que certamente será o próximo episódio, até porque Din já deixou um recado a Moff Gideon: “He means more to me than you will ever know”, e, como tal, não descansará até ter a Criança de volta e em segurança. 

Na próxima semana já chega a season finale, ainda sem título revelado. Será que vamos ter um grande confronto entre Din e Moff Gideon? Será que vai haver um reencontro entre Din e Grogu? Será que Grogu vai ser aquele que vai salvar o dia com a sua Força? Resta-nos esperar para ver, mas uma coisa é certa: até ao momento, esta temporada tem sido bastante ambiciosa, com episódios bem construídos e grandes desenvolvimentos. Tem sido épico. Certamente o final não vai desiludir, mas a ver vamos!
QUEM ESCREVEU ESTE ARTIGO?

Um grilo falante que lê livros, vê filmes e coleciona figuras e outras tralhas. Tenho um grande gosto pelos grandes clássicos e pelas animações. Na minha lista de longa-metragens favoritas estão E Tudo o Vento Levou (1939), Cinema Paradiso (1988), Forrest Gump (1994) e La La Land (2016).

Sem comentários:

Publicar um comentário